Avançar para o conteúdo

Receita da C.Vale totaliza R$ 17,4 bilhões

  • por

Cooperativa de Palotina vai repassar R$ 129,5 milhões em sobras

Para Lang, o ano de 2022 exigirá grandes doses de cautela e planejamento devido ao alto custo dos insumos e às quebras de safra

Em um cenário em que boa parte dos produtores rurais faz os cálculos sobre o tamanho da quebra da safra de soja pela estiagem, a C.Vale, sediada em Palotina (PR) vai repassar R$ 129,5 milhões em sobras [como é conhecido o lucro no sistema cooperativista], juros e devolução de capital a seus associados. O valor é quase 40% maior que o distribuído no início de 2021.

O pagamento das sobras foi aprovado em assembleia, com público reduzido devido à pandemia de coronavírus, no final de janeiro. O presidente da C.Vale, Alfredo Lang, explicou aos associados que a alta do dólar deu grande contribuição à rentabilidade dos negócios e também favoreceu o crescimento do faturamento em 2021. A receita total da cooperativa alcançou R$ 17,4 bilhões, avanço de 42,2% sobre 2020.

O bom desempenho da C.Vale também foi puxado pela elevação de 15,6% no recebimento de soja, que acabou compensando a redução do volume de milho causada por estiagem e geadas no ano passado. No total, a cooperativa recebeu 4,7 milhões de toneladas de produtos, o equivalente a 78,5 milhões de sacas de 60 quilos. As indústrias responderam por quase 25% do faturamento total da C.Vale, com receitas de R$ 4,3 bilhões. No segmento de frango, a cooperativa exportou 66,7% das 378 mil toneladas de carne produzidas no ano passado.

Lang lembrou que, no ano passado, a C.Vale incorporou a Cooatol, de Toledo (PR), e deu início às obras da indústria esmagadora de soja, um investimento superior a R$ 650 milhões que deverá entrar em operação até o final de 2023. Para Lang, o ano de 2022 exigirá grandes doses de cautela e planejamento tanto para a cooperativa quanto para os produtores devido ao alto custo dos insumos e às quebras de safra. “Os bons resultados dão segurança aos cooperados para negociar com uma empresa sólida e garantem à cooperativa a sustentação de que ela precisa para novos investimentos”, comemora o dirigente.

A C.Vale é a 15ª maior empresa da região e também a sexta maior do Paraná, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado pelo Grupo AMANHÃ com o apoio técnico da PwC. A publicação também trouxe uma reportagem especial sobre o cooperativismo do Sul (clique aqui para conferir). Leia o anuário completo clicando aqui, mediante pequeno cadastro.

Quer saber mais sobre o cooperativismo no Sul?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Cooperativa de Palotina vai repassar R$ 129,5 milhões em sobras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.