Avançar para o conteúdo

Randon registra crescimento de 64% em vendas no terceiro trimestre

  • por

Acréscimo de novas aquisições e demanda aquecida são fatores que contribuíram para o desempenho positivo da companhia

O resultado positivo da Randon foi ancorado por iniciativas como as recentes aquisições realizadas pela empresa

No terceiro trimestre de 2021, as Empresas Randon alcançaram receita líquida consolidada de R$ 2,5 bilhões, avanço de 64% no comparativo com o mesmo período do ano anterior. Com isso, a companhia registra o quinto trimestre consecutivo de resultados históricos. Entre os fatores que contribuíram para esse desempenho estão movimentos favoráveis de segmentos atendidos pela empresa e estratégias desenvolvidas pela companhia, incluindo aquisições e diversificação dos negócios.

O lucro líquido registrou crescimento de 149% em relação ao terceiro trimestre de 2020, somando R$ 288 milhões, beneficiado por efeitos não recorrentes referentes ao reconhecimento de créditos tributários, que impactaram os impostos sobre o resultado (veja os principais dados ao final desta reportagem). “Encerramos mais um trimestre com resultados recordes para a companhia, mesmo com os desafios vividos pelo setor, como inflação e escassez de insumos. Isso demonstra a assertividade das estratégias seguidas nos últimos anos, que tornaram a companhia ainda mais forte e resiliente”, reforça Paulo Prignolato, CFO das Empresas Randon.

O resultado positivo da Randon foi ancorado por iniciativas como as recentes aquisições realizadas pela empresa, que já contribuíram para os números apresentados no trimestre. Entre 2020 e 2021, as Empresas Randon adquiriram a Nakata Automotiva (pela Fras-le), Fundituba, CNCS e os ativos da Menfund (pela Castertech), Ferrari Metalúrgica (pela Master) e Auttom e Randon Corretora de Seguros (pela holding controladora).

Além disso, a atividade econômica nos diversos países onde a companhia está presente, juntamente com a alta do preço das commodities e o câmbio favorável, impulsionou as receitas do mercado externo, somando US$ 86,5 milhões no terceiro trimestre de 2021, crescimento de 50% frente ao mesmo período de 2020. “Seguimos com o nosso plano estratégico de ampliação de negócios, diversificando fontes de receita, produtos oferecidos e países de atuação. Adicionalmente, cada vez mais, estamos focados em iniciativas envolvendo inovação e nossa ambição ESG, e isso contribui para a competitividade, além de preparar a companhia para o futuro”, salienta o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon, em nota.

O movimento positivo dos mercados de atuação da companhia também favoreceu os resultados das Empresas Randon, como é o caso da continuidade do bom momento do agronegócio, da mineração e do comércio de bens de consumo. No mercado de vagões e de caminhões e semirreboques, a demanda também segue aquecida. No trimestre, a empresa comercializou 9.142 semirreboques, crescimento de 23% se comparado ao mesmo período de 2020.

Ao longo do terceiro trimestre, as Empresas Randon investiram R$ 179,9 milhões, destinados, principalmente, para máquinas e equipamentos (R$ 23,9 milhões), automação industrial (R$ 4,9 milhões), expansão da filial Araraquara (R$ 4,1 milhões), ampliação de estrutura física (R$ 2,4 milhões) e integralização de capital para a constituição da Castertech Schroeder (R$ 52,2 milhões.

Quer saber mais sobre empresas do Sul?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ

Acréscimo de novas aquisições e demanda aquecida são fatores que contribuíram para o desempenho positivo da companhia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.